• Opiniões

    Sobre «Coisas Que Uma Mãe Descobre (e de que ninguém fala)»

    «Um livro cheio de humor, que mostra a maternidade mais como ela é realmente do que como nos é muitas vezes vendida. Capítulos como "As hormonas são umas cabras" ou "Sexo pós-parto é como os muffins do IKEA" fazem-nos rir perante o processo de identificação.»

    Sónia Morais Santos, Cocó na Fralda


    «Loucas à parte, recomendo a leitura deste livro, para mães e não-mães e considero que devia ser de leitura obrigatória para mães extremosas-obcecadas, a ver se se tornavam menos fatalistas.»

    Ana Ros in A Maçã de Eva


    «Coisas que uma mãe descobre, proporcionou-me uma deliciosa vertigem de reconhecimento com o que sei e não esqueci sobre a experiência da maternidade (que repeti). O sentido de humor e sentido critico, bem como a lucidez, estão bem presentes nesta narrativa que nos faz encarar o bom e o difícil desta viagem de emoções e sentimentos quando um novo ser invade a nossa vida.»

    Vera Sopa in Roda Dos Livros 



    Sobre «O Estranho Ano de Vanessa M.»


    «Foi mesmo uma leitura que me deixou bastante agradada, não só a personagem principal surpreendeu-me por não ser uma "Mary Sue" como a maioria das personagens femininas que tenho encontrado em livro portugueses este ano, como o livro apresenta uma estrutura pensada, ou pelo menos bem polida sem excessos e "coisas" dispensáveis. É coerente, agradável de se ler e por aqui recomenda-se a sua leitura. Gostei muito.»


    Vera Carregueira in Crónicas de uma leitora


    «Este livro é precisamente isto: a busca pela felicidade, o 'grito do Ipiranga' para a descoberta de si próprio e do que quer fazer da sua vida. E sobretudo a descoberta que só conseguimos ser felizes quando nos aceitamos e quando mandamos as convenções sociais 'à fava'.(...)
    Com uma escrita escorreita, FFS mostra-nos tudo isto, intercalando a ação narrativa com momentos de reflexão e humorísticos, advenientes da tia, uma hippie que fez aquilo que muitos gostariam de ter feito: viveu a sua vida sem se importar com o que os outros pudessem pensar.»

    Samuel Tomé in Livros e Leituras


    «Emocionante, esta obra. Retrata aspectos da vida que são muito comuns e a autora descreve-os de uma maneira magnífica! Pela primeira vez, li um livro desta autora e fiquei fã, aliás, super fã. A maneira de escrever, como descreve os acontecimentos, tudo.»

    Patrícia Campos in Lovely Girl who Loves to read



    Sobre «Os 30 - Nada é como sonhámos»


    “Só vos garanto que o primeiro livro é um verdadeiro filme. Tudo aquilo transpira imagem e nós quase que conseguimos tratar por tu as personagens que desenvolve. Parabéns por isso.”

    Mário Augusto


    «Despretensioso e objectivo, Os 30 – Nada é como Sonhámos, de Filipa Fonseca Silva – uma estreante nestas coisas que pertence à dita geração –, constrói uma história a partir de três personagens com vidas e ambições distintas para falar de todo um grupo de desencantados, fazendo o seu retrato nem indulgente nem implacável.

    Maria do Rosário Pedreira in Horas extraordinárias


    «Uma leitura muito agradável e divertida, esta! Num tom fluído, cheio de humor, entramos na vida de um grupo de amigos, "trintões", através dos pensamentos de Filipe, Joana e Maria. Dei comigo a sorrir interiormente com os comentários íntimos desses três amigos.
    Uma leitura leve, mas que nos leva a reflectir sobre alguns momentos mais caricatos da vida (da nossa vida, talvez?). Gostei e recomendo!»

    Cristina Delgado in Segredo dos Livros


    «Personagens ricas de conteúdo e expressividade que são estereotipos que tão bem conhecemos. A interação das mesmas com as suas diferenças depois de um período de afastamento e construção leva-as a confrontos criticos mas também a reflexões e auto-análises.
    Imperdível. Um prazer de ler.»

    Vera Sopa in Ler um prazer adquirido





    Partilhe também a sua opinião aqui:


    0 comentários → Opiniões

    Enviar um comentário